sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Deixando Deus trabalhar - Mateus 23 : 37 – 39



Jerusalém é conhecida como a cidade de Davi, a cidade Santa, a cidade de Deus. Cidade que está inserida na história por conta dos vários eventos nos quais estava e está envolvida.

Neste texto, no Evangelho de Mateus, Jesus começa no 1º versículo do capítulo 23, a repreender os lideres religiosos do seu tempo. Quem eram esses lideres: os mestres da lei; os fariseus e os sacerdotes. Aqueles que conheciam muito bem os textos sagrados, os textos religiosos, mas que muitas vezes não tinham intimidade com o Deus revelado nos textos sagrados. “Podemos dizer que conheciam muito bem a Bíblia, mas não tinham uma revelação pessoal e íntima com o Deus da Bíblia.”

A atitude religiosa violenta, não tem relação com a graça de Deus revelada em Cristo Jesus, não tem nada a ver com uma relação de intimidade com Deus.

Jerusalém se rebelava e se levantava contra os enviados de Deus. Matava e apedrejava os que eram enviados por Deus, para falar de Paz. Paz com Deus por meio do arrependimento. Mas muitos levantavam barreiras, criavam resistências a pregação do Evangelho, pois o Evangelho fala do arrependimento de pecados, da conversão sincera, da reconciliação com Deus.

Jesus Cristo diz: “Jerusalém, Jerusalém.” Poderíamos trocar a palavra Jerusalém pelo nosso próprio nome.

Poderíamos ler o texto desta maneira “Valter, Valter... Quantas vezes Eu quis reunir você como uma galinha reúne os seus pintinhos debaixo das suas asa, mas você não quis”.

Mas se esta for uma leitura correta, eu estarei dizendo que não quero estar debaixo das mãos libertadoras e protetoras de Deus. ( Quem seria tal pessoa que não gostaria de estar debaixo da proteção de Deus, de ter o cuidado e a ajuda de Deus? ).

Na verdade eu quero ser protegido, liberto, quero ser guardado e orientado pelo Todo-Poderoso.

“Mas Jesus diz: quantas vezes eu quis e vocês não quiseram.”

Na verdade muitas vezes nós temos impedido o agir de Deus, o Reinar de Deus em nossas vidas. Deus é Rei e deve reinar.

João 5 : 40 “Contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida.”

Para Cristo, nada é impossível. Mesmo o coração mais endurecido pode ser transformado. Sem dúvida, a graça divina é irresistível. Porém, jamais nos esqueçamos de que a Bíblia fala do homem como um ser responsável, e diz de alguns: “Vós sempre resistis ao Espírito Santo ( atos 7 : 51 )”

Cristo deseja reunir as pessoas no seu reino, mas elas não querem ser reunidas. Cristo deseja salvar as pessoas, mas elas não querem ser salvas.”

Jesus está à porta do coração dos homens sempre batendo e disposto a entrar para uma reconciliação, uma relação de intimidade. Que Ele passe a ser nosso Senhor e Salvador.”

Não resistamos ao agir de Deus, ao reinar de Deus em nossas vidas. Busquemos em Deus proteção, cuidado, consolo, conforto, e que entreguemos as nossas vidas a ele para nossa salvação eterna. Que Ele reine em nós e sobre nós, amém.

Um comentário:

  1. Deus abençõe, gfostei muito da esplanação bem clara e direta.

    ResponderExcluir